Assuntos de Goiás TV

quinta-feira, 20 de março de 2014

Operação Lava-jato da Polícia Federal prende ex-diretor da Petrobras por lavagem de dinheiro

Segundo a PF, os grupos investigados na operação Lava-Jato, lançada em Curitiba, registraram movimentações financeiras atípicas num montante que supera 10 bilhões de reais. Costa foi envolvido nas investigações por ter recebido um carro de um doleiro.

O advogado do ex-diretor, Fernando Fernandes, informou por meio de sua assessoria de imprensa que entrará com pedido de habeas corpus junto ao Tribunal Regional do Rio Grande do Sul.

Segundo o advogado, Costa recebeu o carro como remuneração por serviços prestados. "A prisão é injusta", disse o advogado de acordo com nota da assessoria. 

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, no Rio de Janeiro, sob acusação de destruir documentos que o envolveriam no esquema de lavagem de dinheiro investigado na operação Lava-Jato, informou a assessoria de imprensa da PF.
Leia mais: PF prende ex-diretor da Petrobras por lavagem de dinheiro - EXAME.com


Seguidores

Na web